El Rosedal em Buenos Aires

Se você, assim como eu, já foi à Buenos Aires, mas não visitou o parque El Rosedal, ou Jardim das Rosas, tem que se programar pra visitar quando voltar à capital da Argentina. Uma das minhas primeiras viagens internacionais foi pra Buenos Aires, há cerca de 8 anos atrás e confesso, fiz um roteiro bem turístico, visitei o óbvio e nada além disso.

Desta vez, voltei com meu pai e minha irmã e fizemos coisas turísticas, claro, já que era a primeira vez deles no país, mas também visitamos coisas diferentes, pra me agradar um pouquinho! rs e o parque foi um deles. Da outra vez, já tinha ido até o Zoológico (se você tiver crianças, é uma boa opção) e ao Jardim Japonês (não indico, ingresso muito caro pelo que é oferecido). O parque fica na região de Palermo, a mais importante área verde da cidade e completa o parque Três de Febrero, junto com o Jardim Botânico, o Zoológico, o Jardim Japonês, o Hipódromo e o Planetário.

O parque em si é um dos mais bonitos da cidade. Tem um lago enorme com alguns pedalinhos, pra quem quiser alugar, pátios e pontes lindas, além das 18.000 roseiras de espécies diferentes. O parque também conta com um jardim com bustos dos poetas mais famosos do mundo. É importante citar que o parque não tem estrutura nenhuma, como banheiros e lanchonetes, e no verão, tinha muito pernilongo! rs

Se você não tiver problemas em andar bastante, vá até a região de Palermo de ônibus ou táxi e depois siga a pé. Fizemos isso e depois do parque, seguimos em direção ao museu Evita até a sorveteria Jauja, a mais incrível de toda Buenos Aires, mas conto pra vocês em outra ocasião! rs

DICA: quase todos os lugares tem página no facebook e por lá, é muito mais rápido e prático encontrar informações como endereços e horários de funcionamento dos lugares.

Nenhum comentário

Enviar um comentário